Blog

Uma postagem sobre trabalho, conquistas, e ambição. Um dia especial, este primeiro de julho.

O primeiro sábado do mês marcará o ponto médio exato do ano de 2017. Devemos prestar bastante atenção a este momento, já que o ano está prestes a ter uma volta para melhor, graças a uma configuração astro-numerológica muito rara e poderosa, e que tem tudo a ver com a energia da carta número 1 do Baralho Petit Lenormand, o Cavaleiro, e com a Carta número XIX do Tarô, a Carta do Sol.
 
 
Esta volta é um reforço da energia do ano, que é a energia do número 1. Não é a toa que este ano tem passado tão rápido, fazendo com que os procrastinadores se sintam, como eu, como se uma locomotiva estivesse passando. Mas estou aprendendo a não deixar as coisas para trás… E este é um aprendizado que vibra com a energia do 2017 em intensa harmonia.
 
Dentro da energia do ano 1, o mês de julho será um poderoso 8, trazendo a potencialidade enorme da realização material, das concretizações financeiras, de iniciar a construção real de sonhos… 2016 foi difícil para a maioria das pessoas, um ano de fechamento de ciclos, de retornos kármicos fortes… 2017, por seu turno, nos traz a energia dos novos começos, que acende idéias, inspira crescimento e desencadeia manifestações rápidas …  Quem não estiver preparado para isso, simplesmente vai vê-lo passar e não aproveitar nada.
 
Espiritualmente falando o número 1 é uma antena reta para captar as influências das vibrações frequenciais mais sutis e para a catalisação de manifestações espirituais de luz. Devemos estar super atentos, já que todas as decisões que tomaremos este ano, bem como as medidas práticas para colocá-las em ação - nas próximas semanas de julho e agosto, definirão o tom e o potencial para o restante de 2017… E mais, para o ciclo de 9 anos que virão aí, independente de seu número pessoal (na numerologia temos nossos números pessoais).

Legacy of the Divine Tarot
de Ciro Marchetti
Não sou numeróloga, uma simpatizante, ou talvez por estar encerrando um ciclo 9 e entrando em um ano de número 1 pessoal em breve, comecei a observar em meus últimos jogos o poder especialmente manifestado neste período nas cartas de número 1 do Baralho Cigano, o Cavaleiro, e na carta de número 19 do tarô, a carta do Sol. Elas têm mostrado o quanto devemos buscar aproveitar sem esforço esta onda intensa de energia do número 1 e do 8, fazendo com que nossa individualidade entre em ressonância com nossa satisfação pessoal e o sucesso - dentro do que esperamos e acreditamos que seja este sucesso.
 
Astrologicamente, dia 9 de julho a Lua Cheia entra em capricórnio, o que, ativado junto com este ano 1, em um mês 8, pode ser chamado de uma Lua explosiva, que potencializa nossa capacidade de ambição e realização. Uma lua que se opõe a Marte em câncer, o que de alguma forma pode trazer a sensação de luta, e conflitos emocionais, mas essa tensão com certeza é uma tensão que impulsiona a agir, especialmente em relação a produtividade, combatividade e trabalho. Entre muitas tribos indígenas norte-americanas, a Lua cheia de julho é a Lua do Trovão, devido às grandes nuvens de tempestades que se formam nas planícies, no tempo do verão.
 
Este também recém foi um momento de solstício, um tempo de manifestar a luz interior e o poder de cada um, botar a casa em ordem para esquentar os motores. No dia 23 passado a lua nova estava em câncer, adiantando uma era de enorme conexão emocional. O negócio é fazer aquela revisão interna, nos sintonizarmos com nossas maiores ambições e desejos, sondando o que realmente parte do coração e pode nos fazer emocionalmente felizes, para correr atrás das realizações materiais de que eu falei. Se a lua nova de junho trouxe aquilo que aquece o coração, a lua cheia de julho diz: Não é hora de desistir disso! Nem de nada! E quem acha que não caminhou tem ainda 6 meses para acreditar e fazer desse ano um grande ano de abundância e felicidade.
 
The Wildwood Tarot, de Mark Ryan, 
John Matthews e Will Worthington
 
Procure encarar com sinceridade que lugar é este da sua vida que não dá mais pra adiar, que precisa ser construído, ativado. Num jogo, ou numa meditação profunda sobre este cartas, no teu mapa numerológico…* Onde está tua atitude, onde anda teu cavaleiro? E o teu Sol, teu destino maior nesta terra, em que realizações ele tem brilhado? Amor? Trabalho? Viagens? Filhos? Se este olhar te causar estresse, duvida ou desconforto, o seu eu superior está te lembrando que é hora de agir, e já.  Você pode estar prendendo algo ou alguém… Apegado, e muito, e isto tem atrasando a abundância que você tem para receber. 
 
Por outro lado, se sentir positividade, inspiração ou alegria, com relação ao que a carta numero 1 está te mostrando, isso significa que o aparecimento do 1 e vc estão sintonizados no caminho ceto.
 
A mensagem dos códigos vibracionais deste período é clara: Não desista agora! 2017 é o ano de cada um mostrar ao universo que honra a missão que lhe foi dada para estar neste planeta, sim, maravilhoso.
 
* Recomendo para feitura do mapa numerológico uma boa conversa com a minha amiga divertidíssima, Paula Luz Franco. 
Texto publicado pela primeira vez em 30 de junho de 2017